Senso (in)Comum (…)

agosto 2, 2008

Peça… Vem aí Dia dos Pais

Filed under: Divulgação,Humor — Netto @ 8:39 am
Tags: , , , , ,

Na verdade não era para homenagear os pais, quer dizer o PAI, mas…

Não podemos deixar passar uma oportunidade como essa e ao invés de lembrar do “velho” satirizar o “junior”.

Vejam como há paixões maiores que pelo “filhote”…

“Muito bom!”

E você!? Já pediu o carro do paizão emprestado hoje?

Os comerciais dos Postos Ipiranga são sempre muito bom e a interpretação do Pai já vale muito a pena.

Vale lembrar que o comercial é um tanto antigo, mas vale tentar casar com a data que se aproxima.

maio 20, 2008

Comum ou Original Aditivada?

Seguindo a ideologia de que o brasileiro é apaixonado por carro a Rede Ipiranga lança um filme satirizando as “Marias Gasolina”.

Veja o filme…

Com diálogo simples a peça se vende e agrada.
Sem sombra de dúvida é mais uma das poucas propagandas inteligentes que tenho visto atualmente.

O Filme, de maneira simples, explora o cotidiano e um dos adjetivos – se é que posso chamar assim – mais difundidos no meio de quem gosta e tem carro: o interesse de algumas meninas em não andar a pé.

Talvez algumas garotas não tenham gostado muito do papai. Porém o fato, na vida menos fictícia, está ficando extremamente comum ou quem aditivada!?.

Deixo aqui meus elogios e que as nossas publicidades continuem assim.

Clique aqui e acesse o site da Rede Ipiranga para ver outros filmes.

maio 11, 2008

Peça… Dia das Mães do Boticário

Filed under: Divulgação — Netto @ 8:36 am
Tags: , , , ,

Ainda falando e homenageando as mamães…

Esse é o segundo dos comercias que ainda estão sendo veiculados que posso dizer sem pestanejar:

“Muito bom!”

Pude constatar peças da campanha desde o metrô até revistas, mas o comercial de TV, “meu amigo…”, é fantástico.

Sem mais delongas veja o comercial.

Considero a peça fora do comum, pois estamos vivendo um período de descrença nos comerciais bem elaborados e parecemos nos acostumar a ver peças massivas com o uso de o “dia disso”, “o dia daquilo” ou “o dia daquilo outro” sendo um mero artifício para maquiar o verdadeiro intuito: vender.

O fato é que o filme acertou em cheio na sensibilidade, na delicadeza, e até no senso de humor, quando explora a eterna rivalidade pelo carinho da mãe, tão comum entre as crianças. AlmapBBDO (a agência responsável pelo filme) conseguiu fugir desse “ritmo” e emocionar, principalmente as mamães, sem forçar as coisas como outras tentativas que vemos por aí.

Deixo minhas “felicitações” à trupe criadora e espero que surjam novas peças com a mesma inteligência.

O outro comercial é o dos postos Ipiranga, sobre o qual logo comentarei.

Blog no WordPress.com.