Senso (in)Comum (…)

maio 11, 2008

Peça… Dia das Mães do Boticário

Filed under: Divulgação — Netto @ 8:36 am
Tags: , , , ,

Ainda falando e homenageando as mamães…

Esse é o segundo dos comercias que ainda estão sendo veiculados que posso dizer sem pestanejar:

“Muito bom!”

Pude constatar peças da campanha desde o metrô até revistas, mas o comercial de TV, “meu amigo…”, é fantástico.

Sem mais delongas veja o comercial.

Considero a peça fora do comum, pois estamos vivendo um período de descrença nos comerciais bem elaborados e parecemos nos acostumar a ver peças massivas com o uso de o “dia disso”, “o dia daquilo” ou “o dia daquilo outro” sendo um mero artifício para maquiar o verdadeiro intuito: vender.

O fato é que o filme acertou em cheio na sensibilidade, na delicadeza, e até no senso de humor, quando explora a eterna rivalidade pelo carinho da mãe, tão comum entre as crianças. AlmapBBDO (a agência responsável pelo filme) conseguiu fugir desse “ritmo” e emocionar, principalmente as mamães, sem forçar as coisas como outras tentativas que vemos por aí.

Deixo minhas “felicitações” à trupe criadora e espero que surjam novas peças com a mesma inteligência.

O outro comercial é o dos postos Ipiranga, sobre o qual logo comentarei.

AMOR de Mãe Deve Ser Nutrido Todos os Dias?

Filed under: Ótica — Netto @ 6:32 am
Tags: , , , ,

Neste domingo, 11 de maio de 2008 é dia das mães, mas e os outros dias?

Dia das Mães

A data está sendo muito comemorada, principalmente pelo comércio, tendo como exemplo a super lotação dos shoppings e da tão famosa 25 de março em São Paulo.

Para os lojistas ela é considerada a segunda melhor época em termos de venda, tanto para o varejo quanto para o atacado, depois do Natal.

Espera-se um crescimento de 4% nas vendas em relação a 2007, segundo o Fecomercio (Federação do Comércio do Estado de São Paulo). Outra entidade, a Serasa, apontou que as vendas do comércio em todo o país aumentaram 4,8% no fim de semana que antecedeu o do Dia das Mães, de 2 a 4 de maio, em relação ao período equivalente de 2007.

Presentes...

Mas será que isso tudo é pelo amor ou pela convenção que a data trás?

Tudo bem, tudo bem… as pessoas sempre costumam se reunir em dadas e ocasiões especiais, sendo o Dia das Mães uma dessas, mas e depois?

Quantas vezes você disse a sua mãe o que você realmente sente por ela esse ano?
Será você mais um dos que guardaram tudo para essa data e junto vai um presentinho, “aquele presentinho”?

Convencionalmente essa ocasião é fantástica por várias razões, mas com certeza não parece provar que é por amor…

As mamães nos protejem por instinto natural – excluindo raras exceções – nos alimentam, muitas nos mimam até depois de crescidos e talvez não nos peçam nada em troca. E o que retribuímos? Sendo um bom filho? Mas o que é ser um bom filho? “Deixa pra lá vai…”

Dia das Mães

Que ícone é a sua mamãe? Pense agora sem demora.

Descobriu!? Acho que sim.

Diga para ela hoje, amanhã, quando ela fizer aniversário, nos momentos especiais, nos momento comuns e nos incomuns e em todas as oportunidades o que e o quanto ela representa a você.

À minha eu direi: “Obrigado minha mãe! Por ter me dado meios de ser o homem que sou hoje. Tenho muito orgulho da senhora hoje, amanhã e sempre.”

Blog no WordPress.com.