Senso (in)Comum (…)

março 4, 2009

O Vendedor de Balões

Filed under: Ótica,Fragmento — Netto @ 11:22 pm
Tags: , , , ,

Há algum tempo, um vendedor de balões infláveis vendia seu produto em uma movimentada praça. Quando as vendas diminuíam, soltava um desses balões.

Balão - Bexiga

Ao flutuar no ar, despertava a curiosidade das pessoas e reaquecia as vendas por alguns minutos. Alternava as cores; primeiro soltava um branco, logo um vermelho e depois um amarelo.

Passado algum tempo, um menino negro puxou a manga de seu paletó, olhou nos olhos do vendedor e fez uma pergunta penetrante:

– Senhor, se soltasse uma bexiga preta ela subiria?

O vendedor de balões olhou para o pequeno com compaixão, sabedoria e compreensão e disse:

– Filho, o que os faz subir é o que está dentro deles.

Efetivamente o vendedor de balões tinha razão.

Arte com Balões - Bexiga

Pense naquilo que você carrega aí dentro de você e não se esqueça: “O que está dentro de você lhe fará subir”.

Anúncios

novembro 26, 2008

Você aprende?

Filed under: Ótica,Fragmento — Netto @ 4:54 am
Tags: , ,

Com tantas opções e tantas outras chances…

… será que você realmente aprende?

setembro 11, 2008

Frase… Madre Teresa de Calcutá

Filed under: Fragmento — Netto @ 8:55 am
Tags: , , ,

“Nunca compreendemos o que um sorriso pode fazer.”

Madre Teresa de Calcutá

agosto 7, 2008

Crise de Identidade

Filed under: Ótica,Fragmento — Netto @ 7:39 am
Tags: , , , , ,

Que droga… ela me viu!
Vai ficar muito na cara se eu atravessar a rua e nem vai dar tempo, se eu fizer isso, para não pegar mal.
Tá bom, vou me manter na calçada e fingir que não a vejo, talvez ela se “toque” e perceba a minha intenção…

Não deu certo…

Ela continuou me olhando e eu continuei caminhando, me encarou severamente e pouco depois de passá-la meu braço é fortemente puxado, castigado e sem pestanejar ela me lança…

– Estou atrás de você, sabia!? Te procuro há muito tempo…

Tentei ser canastrão.

– Haa… então foi você que me ligou e foi lá em casa, não é!?

– Sim. – ela respondeu e continuou – Estive em todos os lugares que você pode imaginar, sei muito sobre você e não entendo… corre tanto por quê? O que teme? O que deve?

Fiquei meio sem jeito nesse momento, e como o papo me pareceu ir longe sinalizei para um banco de uma bonita praça perto dali, pelo menos não ia me cansar em pé.

– Já sei! Você quer que a aceite?

Só me deu tempo de dizer isso, pois ela, quase imediatamente e sem respirar continuou.

– Sabe de uma coisa? Eu posso mudar! Posso trocar de roupa, de corte de cabelo, de emprego, de universidade… posso alterar minha fala, meus passos, minha pele… posso recriar o que ainda não foi criado. Posso, para você, ser Deus…

Respirei fundo, senti nesse momento que me inclinava cada vez mais e a cada palavra que aos poucos ela me dizia sentia minha carne sendo dilacerada…

– Só não posso deixar de te ver todos os dias – disse ela mais calma e com a voz mais doce do mundo – de te sentir, de olhar você, de te contemplar… de estar com você em todos os momentos, em todas as estações, seja dia ou noite, dor ou alegria, fé ou dúvida. Em tudo, em tudo mesmo… não posso deixar de ser SUA.

Não teve jeito… dizem que Jesus chorou, mas ali, naquele momento, isso não era mais necessário. Parecia, “Eu”, acordar de um sonho, de um sonho vazio, de devaneios de um mundo do “Eu” sozinho.

Peguei nas mãos dela, nós nos levantamos e eu sem pensar me lancei naqueles braços que já há muito tempo estavam estendidos para mim… Eu, depois de muito tempo anestesiado pelo dia-a-dia, depois de tanta rotina e tanta “mesmice” senti o calor daqueles braços e durante um longo tempo abracei a VIDA, a minha vida, que quase sem querer me distanciava, me desprendia, mas ela é a única coisa que realmente “Eu” tenho!

Descobria, alí, que eu sou a obra-prima da minha vida.

Não deixe você que ela te crie.
Faça você o seu caminho.
Não espere ter sorte, crie as circunstâncias necessárias para ter o que o for necessário para moldar sua VIDA.

Se achou que era sobre romance não estava enganado, ame o que tem e faça sempre o melhor que puder fazer.

maio 8, 2008

Frase… Charles Chaplin

Charles Chaplin

“Nunca se abale, pois, até um ponta-pé no traseiro, te faz caminhar para frente.”

Charles Chaplin

maio 3, 2008

O Segredo (The Secret) será um segredo mesmo?

O Segredo (The Secret) é um dos maiores fenômenos editoriais atualmente, assim como a febre do “Código da Vinci” que foi coqueluche anos atrás. O auto-ajuda que fala sobre a “Lei da Atração” atrai e desperta a atenção das pessoas pela possibilidade de conquistar tudo que se possa imaginar, dedicando apenas “Atenção” no que se deseja ter. Mas será verdade que essa receita funciona?

O Segredo (The Secret)

De maneira alguma me sinto capacitado para responder tal pergunta. Porém, há uma clara indução a se livrar dos pensamentos que não lhe são convenientes, os chamados pensamentos negativos, e se concentrar aos seus desejos e a tudo aquilo que você quer que aconteça em sua vida.

Parece uma idéia simplista, mas durante todo o documentário essa idéia é reforçada e fundamentada trazendo exemplos, ora impressionantes, ora exagerados, tais como o depoimento de um homem que diz ter passado 15 anos morando na rua (…), mas a vida dele mudou ao desvendar o tal segredo ou o outro que diz que 95% das vezes que vai algum lugar encontra a vaga, que ele deseja para estacionar o carro, vazia esperando por ele.

Cientificamente não há nada que prove isso tudo a não ser a citação de que um pensamento positivo é muito maior do que um pensamento negativo.

Entendo, assim, que a “Lei da Atração” é um compilado de possibilidades que se pode conquistar ao abandonar sentimentos ruins e negativos, mas magicamente nada acontece. O nome que substituía a lei prova isso. Ele funciona como afrodisíaco para levar o espectador a desvendar esse suposto segredo que “só os mais sábios, mais espertos e um seleto grupo de indivíduos detêm”.

O filme (transcrição do livro que confesso não ter lido), tem quase duas horas de fórmulas e mais fórmulas, de exemplos de pessoas bem sucedidas, algumas já citadas, que usaram a “Lei da Atração”, o grande segredo “espectativo”, para conquistarem tudo que:

– dedicaram o pensamento;
– eliminaram as dúvidas;
– e receberam.

O Segredo - Livro

Nem sempre o que se deseja é recebido exatamente como se pensava. Contudo a regra é: “Se você desejar com toda a força do seu ‘coração’ a Lei da Atração irá trabalhar ao seu favor para aproximar você do seu desejo, mas se você não dedicar com afinco e eliminar as suas dúvidas as coisas vão se demorar, isso se acontecerem”.

Acabei, ao final do filme, sendo remetido a um enorme comercial de um livro de auto-ajuda compilado. Uma enciclopédia de uma “pequena” lei que “rege” o universo.

Contudo a indução ao pensamento positivo, eliminando o negativo é sempre muito bem vinda.

Fora os clichês a sugestão desse pensamento positivo com certeza nos leva mais perto do que realmente desejamos. Então siga a risca a lei do pensamento POSITIVO.

O Segredo - Site

Clique aqui e acesse a transcrição do Filme.

Blog no WordPress.com.